O modelo self shoes chega ao Nordeste

As cearenses que buscam liberdade na hora da compra já podem comemorar. A Constance (www.constance.com.br), maior marca de calçados femininos self shoes do Brasil, inaugurou a sua primeira loja em Fortaleza, em abril, no Shopping RioMar.   Com mais de 60 pontos de venda espalhados pelo Brasil, a rede mineira, que atua fortemente no Centro-oeste e Sudeste, quer ganhar o mercado nordestino. Prestes a inaugurar também Salvador, cidades como, Maceió, Natal, João Pessoa, Campina Grande, Aracajú, Ilhéus e Recife estão entre as novas praças que a Constance faz planos de conquistar. “ Queremos fechar 2017 conquistando pelo menos a maioria das capitais nordestinas” , diz André Abrahão, Executivo de Expansão da Marca;

A franqueada do Ceará tem boas perspectivas para o negócio e espera faturar no primeiro ano de operação R$ 2,5 milhões. A franquia dispõe de um mix de mais de 350 produtos, composto por bolsas, calçados e acessórios, com ticket médio de R$ 150,00.

Todas as lojas da Constance  utilizam o self shoes como modelo de negócio. O conceito é uma espécie de self service de calçados e fez a marca crescer em número de lojas pelo país e faturar R$ 147 milhões em 2016. Para esse ano, a expectativa é crescer quase 30% em relação ao ano anterior. “Dispor diversos modelos separados por numeração, como em um closet, caiu no gosto das mulheres e fez a marca expandir organicamente. Acreditamos que essa liberdade na hora da compra também vai agradar o público cearense”, diz o executivo de expansão, André Abrahão.

A Constance com o modelo self shoes vende mais de 1,4 milhão de calçados por ano, atendendo mais de 120 mil consumidoras  por mês.  Só em 2016, a marca abriu 19 unidades e quer fechar o ano com a abertura de 30 novas franquias, 08 no nordeste.   

A franquia tem investimento a partir de R$ 450 mil e o prazo de retorno varia entre 24  e a 36 meses. O valor inclui apoio logístico, visual merchandising, consultoria de campo, projeto arquitetônico, campanhas de marketing personalizadas, suporte contínuo na operação do negócio, utilização da plataforma de vendas online, acompanhamento da performance da unidade e treinamento completo. O faturamento líquido tem média de R$ 250 mil.

texto: Misasi Assessoria

Topo